sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Terroristas!

Podem nos dar muito dinheiro, mas nada paga o apoio e importância que os adeptos podem ter num jogo ou até mesmo numa competição.
Acredito que este ano, como em outros mas em maior dimensão, os Leixonenses, principalmente a tão criticada Máfia Vermelha, têm tido considerável importância no percurso da "Armada do Mar". Como já disse, este grupo merece todo o nosso apoio e é preciso mais. Peço mais apoio para os "bravos" que lutam pelo Leixões!
Decidi postar sobre isto devido à situação que todos os adeptos vivem no mundo e em especial, por nós. Ontem houve jogo num horário muito pouco usual. Futebol ás seis da tarde a uma quarta à tarde é mesmo para "matar" o apoio vindo das bancadas. Felizmente, os Leixonenses marcaram presença! Mas não se ficam por aqui. Dia oito de janeiro temos uma "importante" deslocação ao sul, a Lisboa. Entre Matosinhos e o Estoril ficam a mais de trezento e quarenta quilómetros de distância e põem o jogo às onze da manhã, porque o dinheiro da Sporttv fala mais alto. Não querem que haja adeptos visitantes nos estádios portugueses? Parece que sim.
Por isto e por muito mais digo: Foda-se a FPF, a LPFP, a Sporttv, o secretário de estado... Foda-se o futebol moderno! Viva os adeptos, a verdadeira essência do Futebol!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Acabar em beleza

Duarte Rodrigues
É assim que o nosso Leixões termina o ano, com uma vitória.
Fechamos 2011 com prespetivas de começar bem 2012. Talvez logo no dia oito de Janeiro fiquemos em primeiro lugar se a jornada nos correr de feição.
Quanto a hoje, mais um jogo sofrível. Os insulares vieram cá nos dificultar a vida, mas demos a volta por cima. Início um pouco tremido, mas com o tempo as coisas voltaram ao normal. Ganhámos, é o mais importante.
O Leixões tomou naturalmente as rédeas da partida e lá foi para cima da União da Madeira. Primeira parte com muito Leixões, tendo os Madeirenses ripostado a espaços. Lá se atacava, mas a pontaria não estava afinada.
Chegou o intervalo e com ele veio Fausto, que tomou o lugar do goleador Jumisse. Entrou bem Fausto, de olhos na baliza e foi dos pés dele que os primeiros avisos ao guarda redes insular do segundo tempo surgiram.
Não demorou muito até a "Armada" se pôr em vantagem. Golo de Hernâni, jogador que tanto aprecio, após passe fabuloso do Bebé do Mar, Luís Silva.
Havia que defender a vantagem, sempre fazendo o nosso jogo e não nos retraindo. Jogo equilibrado dos "Bravos do Mar" até o fecho da partida, com algumas oportunidades de concretização e sem grandes dificuldades a defender.
Também de destacar é a presença Leixonense. Continuamos muitos furos abaixo do que se podia fazer pelo Leixões, mas tendo em conta que este jogo realizou a uma quarta feira ao final da tarde (a mando da cambada que quer ver os adeptos fora dos estádios), foi de facto uma boa casa, comparando com outras casas desta época. Parecia ter mais gente que em muitos outros jogos ao domingo à tarde. Ainda bem, porque esta equipa merece não só o apoio que temos dado como merece ter o estádio cheio.
Mais uma vitória e agora é trabalhar para ultrapassarmos o atual primeiro classificado, Estoril.

Todos a Lisboa!!
Força Leixões!

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

É para ganhar!


Amanhã eu não faltarei, estarei ao lado dos "Bravos do Mar" a lutar pelos três pontos.
Espero a mesma dedicação de sempre, aquela garra Leixonense e uma vitória no final, frente a uma equipa necessitada de pontos.
Quantos aos Leixonenses, não faltem! Nem que cheguem na segunda parte.

FORÇA RAPAZES!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Carlos Oliveira em mensagem de boas festas


«Nesta ocasião em que só ouvimos falar de dificuldades e crise e em que a vida das pessoas se alterou profundamente e todos temos de fazer grandes sacrifícios e em que o nosso LEIXÕES trava uma luta desigual, injusta e imoral pela sua sobrevivência, não quero deixar de transmitir a todos uma palavra de solidariedade e esperança.

Todos juntos vamos travar esta luta e levar por diante o LEIXÕES e ajudar a reconstruir o país contra os mais pessimistas e aqueles que nunca nada tendo feito e sempre viveram à custa dos outros se rejubilam em ver os nossos problemas.

Acabemos com os derrotistas e os pessimistas e dêmos as mãos porque juntos temos uma grandeza enorme. Não deixemos que nos derrotem.

Vamos ser solidários neste NATAL e vamos ajudar o LEIXÕES com o que pudermos, pois a pouco e pouco venceremos. Eu quero contribuir para acabar com os salários em atraso dos funcionários e por isso vou depositar uma contribuição na conta n.º 0036 0472 9910 4734 7788 5, no Montepio, e peço que me acompanhem depositando o que puderem, pois hoje os salários deles já são bem pequenos.

A todos os LEIXONENSES e Matosinhenses em geral desejo umas BOAS FESTAS e um ANO de 2012 com FUTURO.

Carlos Oliveira»
O presidente da SAD e vice presidente do Clube deixou uma mensagem de boas festas aos Leixonenses, no site oficial do Clube.
Mais uma vez o pseudo presidente do Clube não falou aos Leixonenses, nem deu a cara, deixando essa tarefa para Carlos Oliveira. Não é que isso me incomode, até podia ser outro qualquer, mas quando o próprio presidente está tão ausente do Clube, está tudo dito... Um barco sem rumo.
Neste apelo à ajuda dos Leixonenses, Carlos Oliveira, que é presidente demissionário da SAD já há alguns meses, pois já está farto de tudo isto, diz que «todos juntos vamos travar e levar por diante o Leixões. (...) dêmos as mãos porque juntos temos uma grandeza enorme. Não deixemos que nos derrotem. (...) pois a pouco e pouco venceremos.»... Mas afinal  pensa ficar por cá? Já não estava de saída? Em que ficamos?
Depois acabou por pedir a ajuda dos Leixonenses, através de contribuições numa conta... Mais uma vez é nos proposto algo muito fácil e sem incómodos para a direção. Em vez de arregaçarem as mangas e fazerem o trabalho que devem, ficam sentados a olhar para a conta a crescer. Tal como na ideia do "Clube dos 100", que acabou por ser um fracasso logo à nascença. Deixem-se disso, trabalhem que foi supostamente para isso que se candidataram à presidência.
Ironicamente, pede a quem disseram que os pagamentos das suas quotas nada serviam para ajudar na vida financeira do Clube...

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Juntos venceremos!

Como todos já perceberam esta é uma equipa diferente.
Administrativamente estamos perto do abismo. Apontava-se para o início da época o abandono da atual direção da SAD, mas já vamos em dezembro e ainda cá continuam, penso eu, devido à situação da venda do estádio. Parece que muito mais tempo ainda ficarão pelo Mar.
Já em campo, vemos uma verdadeira equipa à imagem dos Leixonenses, ao contrário da direção. São incansáveis, ainda mais tendo em conta que os ordenados em atraso existem, e já em número considerável.
No último encontro do Leixões em casa, diante o Trofense, antes da partida os jogadores receberam a visita de Carlos Oliveira no balneário. Deu quase um ponto final nas aspirações Leixonenses, dando carta branca a qualquer jogador para abandonar o Clube. Claro sinal de que o Leixões não tem o seu dia de amanhã garantido e que tudo está em causa. Mesmo assim os jogadores não desarmaram. Impressionante!
Ainda domingo passado jogaram de forma espetacular, quase brilhante, dando novamente tudo em campo e trazendo para Matosinhos mais três preciosos pontos. Festejaram de forma exuberante e como se estivessem de alma e coração no Clube... Foi o que senti. Enquanto festejavam os golos e, no final, a vitória, parei e observei... Não tinham atitude de quem iria deixar o Leixões em breve e que de quem está a cagar-se para isto. Pode ser só impressão minha, mas parece que estão aqui para continuar a lutar.
Por isto e não só, mérito total a quem construiu este grupo, evolui-o e continua a fazer com que ele evolua. Para a equipa técnica, claro. Mesmo debaixo de um clima de intranquilidade, de mau estar, de incerteza e alguma natural desmotivação, têm feito um grande trabalho. Esta equipa técnica tem passado por muito, e tal como os jogadores, merecem todo o nosso apoio, respeito, admiração e carinho.
Quanto a nós, Leixonenses, temos de dar mais. Em casa, estádio despido, e fora somos sempre os mesmo a ir à bola. Nem conseguimos por mais de duzentos e cinquenta Leixonenses numa bancada fora de portas...
O que me dá pena é ver que uma equipa que merece tanto como outras que já tivemos, não ter o mesmo que essas outras tiveram. Pelo menos eu vou onde for preciso com esta equipa!


segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Alegrias em campo, tristezas na secretaria

Debaixo das tristezas na gerência do Clube, em campo dão-nos imensas alegrias. Ontem deram-nos mais uma.
Quando falo deste fantástico e forte grupo, ou as palavras por vezes escasseiam ou adjetivo-os de forma quase imparável. Eles merecem tudo, mas como vemos, pouco lhes dão.
Exibição personalizada, que deu-me um enorme gozo assisti-la. Não só por ser uma vitória do nosso Leixões, mas também porque mais uma vez este grupo mostrou ser isso mesmo, um grupo. Mostraram além disso, novamente, serem fortes, resistentes e um grupo coeso. Verdadeiros bravos do Mar!
Cedo entrámos empossemos o nosso jogo e logo deu resultados práticos. Um minuto de jogo e um golo já estava feito. Mais uma vez Jumisse! De acordo com o site zerozero.pt, Jumisse já apontou 21,1% dos golos da "Armada do Mar" no campeonato. Para um médio são números muito bons, sendo que já fez seis golos (Campeonato e Taça) em quinze jogos. Apenas é o nosso melhor marcador. Além disso não é um jogador que se destaca apenas pelos golos, mas também pela forma como atua, tanto a defender como a atacar, tanto vendo os aspetos técnico-táticos como na abordagem de jogo.
Os "Bravos do Mar" dominavam a partida e naturalmente acabaram por ampliar a vantagem, desta vez através de um penalty, convertido por Pedro Santos. A partir daí o Leixões desceu no terreno... O cerco à baliza de Waldson encurtava cada vez mais e os da casa na conversão de um canto diminuíram a desvantagem no placard. A Oliveirense engrandeceu e tomou as rédeas do jogo. Ainda antes de terminar a primeira parte, Capela assinalou mal um penalty a favor dos "Fannyzinhos". Felizmente no empate não foi conseguido por Adriano, que atirou ao poste. 
O Leixões justamente saí para o intervalo em vantagem no marcador.
No reatamento da partida surge mais um golo do Leixões, desta vez por Mourão. Jogada de contra ataque, salvo o erro, em que Mourão aparece na área marcado por dois adversários e atira de cabeça para o fundo das redes. Belo movimento do brasileiro, que depois haveria de festejar com os indefetíveis Leixonenses presentes. 
Novamente, o Leixões baixou no terreno e a Oliveirense foi mais acutilante. Tal como época passada, os da casa não mostraram futebol de qualidade, mas sim um futebol simples, prático e direto. Até final mais dois golos foram marcados, sendo o jogo resumido em bolas "bombeadas" para a área Leixonense e o Leixões a aparecer na cara do golo quando conseguia esticar o seu jogo.
Numa das tais bolas "bombeadas" acabaria por surgir mais um golos para os da casa. Resultado em 2-3 e o cerco voltava a apertar-se ainda mais. Waldson confirmou ser o melhor e mais regular guarda redes que temos no plantel e justificou a opção da equipa técnica, fazendo com que a Oliveirense não aponta-se mais nenhum golo, tal como todos os que estiveram em campo. 
Em contra ataque o Leixões "matou" o jogo. Golo de Moisés, depois da insistência de Nuno Silva em resgatar a bola para o nosso lado. O capitão ganhou a bola, entrou na área de Bruno Vale e fez o passe para Moisés, que isolado fez o quarto golo da "Armada".
Grande final de jogo com os jogadores a festejarem junto dos muito poucos e muito bons Leixonenses que se deslocaram a Oliveira de Azeméis. Pena esta equipa não ser seguida por milhares de adeptos, como há alguns anos, pois eles merecem e têm perfil idêntico a outras equipas que eram seguidas por imensos adeptos do Leixões.
Parabéns a todos, excelente exibição no meu ponto de vista de adepto. Todos estiveram bem, desde a baliza ao ponta de lança!
Aguenta coração e acredita Leixões, ainda podemos ter um final de época feliz em vários aspetos.
Obrigado rapazes! O Leixões somos nós!

Merecem muito mais!

Esta equipa merece tudo, e muito pouco tem...
Obrigado por honrem este Clube e os Adeptos do Leixões.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Não vejo a hora...

... de ver "muitos" dirigentes do Leixões fora do Clube.
Já chega, basta desta merda! Mais uma vez sinto vergonha disto que veio hoje a publico, e esta direção que tanto mérito pede pela redução de passivo, fez a cama em que hoje nos deita-mos e que no futuro nos deitaremos.
É para bater no fundo? Vamos então bater no fundo e ter connosco só quem ama, sente e quer o bem do Leixões.
Estou "mortinho" pela rotura definitiva, para haver uma reestruturação feita com pés, tronco e membros, para reerguermos o NOSSO Leixões! O Leixões tem que ser dirigido pelos verdadeiros Leixonenses!
Só quero agradecer a todos aqueles que ostentam e trabalham com tudo com o símbolo dos peixeiros, debaixo desta falta de tranquilidade, como disse Litos, e condições, sejam eles de que modalidade forem.

sábado, 10 de dezembro de 2011

Jogar para os 3 pontos

Amanhã recebemos o Trofense, depois de um jogo infeliz, amanhã temos de estar todos os unidos e certamente que iremos esquecer aquele jogo, com mais uma excelente exibição dos "Bravos do Mar", que espero ser contemplada com mais três pontos.
Partida de certa importância, até porque na jornada seguinte temos uma deslocação complicada a Oliveira de Azeméis. Com uma vitória amanhã iremos defrontar a Oliveirense motivados, por todo o trabalho feito até agora, o que é bom, visto que eles estão a "morder-nos" os calcanhares.
Os da Trofa são "lanterna vermelha" do campeonato, mas cuidado com eles.
 
Espero o mesmo de sempre... Raça, atitude e união!

E agora Leixões?

Que futuro...? Dirigentes falaram que em breve poderíamos estar na distrital...
Em concreto só sei que o Leixões nunca estará só. Podemos vir a cair, mas mais uma vez iremo-nos levantar!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Parabéns Natação!

Felicito toda os nadadores que representam o Leixões ao melhor nível, pois só engrandecem este Clube, debaixo de muitas felicidades.
Não costumo escrever regularmente sobre esta modalidade, pois acompanho-a pouco. Pelas imensas vezes que deixo passar sem felicitar os atletas que são medalhados, hoje posto pois eles merecem muito.
Parabéns não só à Angélica pelo bicampeonato Nacional, mas a todos que nadam com a touca Leixonense, como a todos que trabalham na preparação das provas e dos nossos atletas.

Força Natação!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Tens de mostrar ao mundo a força do Mar

Ontem, por mais uma vez, estivemos quase a mostrar a força do Mar.
Estou orgulhoso deste plantel, desta equipa técnica e de todos os verdadeiros Leixonenses que ontem estiveram no estádio a cantar e a empurrar os "Bravos do Mar" para noventa minutos à imagem do puro Leixões.
Perdemos e fomos eliminados injustamente. A tristeza apoderou-se de mim, de forma a cismar consecutivamente com a derrota e incidências da partida, tal como muitos meus companheiros. Não quero falar sobre um jogo com final infeliz e injusto para nós, pois daqui só quero tirar boas ilações.
A "Armada" saiu de campo debaixo de cânticos e muitos aplausos. O resultado foi negativo, mas exibição não foi só positiva, novamente, mas também excelente em variados aspetos. Aquela alma, aquela força, raça e a crença foram à verdadeiros homens do Mar.
Fico feliz por ver que o Leixões tem quem o represente à sua melhor imagem. Saímos de cabeça erguida, pois mais uma vez todos nós fomos Leixões.
Que se repita a proeza de 2006/2007, espero que a passagem da Académica pelo Mar tenha sido um "talismã".

Isto é o Leixões!

Gosto dos trajes de "assaltante de gasolineira"

Há umas semanas a Loja do Mar "reabriu".
O mais importante de tudo, tinha equipamentos novos, e além disso eram do meu agrado. Finalmente, o Clube atualiza-se um pouco no marketing.
Por fora a loja tem um impacto visual chamativo e bonito, sendo ela toda decorada à Leixões, sem deixar de lado Matosinhos.
Pelo que vi, vale a pena visitar pelos belos "equipamentos de assaltante de gasolineira", como alguém muito disparatado disse.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Juntos venceremos!

Só quero dizer que nada mais é exigível amanhã do que um apoio infernal ao Leixões.
Rumo à vitória, que o Jamor tem saudades nossas!

Para cima deles, Leixões!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Força volei!


Quero-te ver jogar

Não consigo controlar,
Este estado de ansiedade,
Quero-te ver jogar,
Já estou com saudade,

Adrenalina a subir,
Os corações a palpitar,
A Máfia vai curtir,
Quando a bola rolar,

Eu a teu lado,
Quero Estar,
Para te apoiar,
Leixonense eu sou!

Lala....

LEIXONENSE EU SOU!

Passaram apenas quatro dias desde do último jogo que vi do Mágico LSC, nas Aves, mas já estou com saudades de o ver jogar, de o apoiar... Venha o jogo com a Académica, que eu já "não consigo controlar este estado de ansiedade"!
Juntos venceremos!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011